1 Técnicos

O Laboratório de Catálise conta com a colaboração de dois técnicos para o desenvolvimento de suas atividades:

     Rômulo Cardoso, graduou-se em Química na Universidade Federal do Ceará e, em 1997, obteve o título de Mestre em Ciência e Engenharia de Materiais no PPG-CEM da Universidade Federal de São Carlos.
     Em 1992 vinculou-se ao Laboratório de Catálise do Departamento de Engenharia Química  da Universidade Federal de São Carlos.
     Dedica-se a atividades de caracterização de catalisadores, tais como a Redução a Temperatura Programada (RTP), a Fisissorção de gases (BET), a Análise Térmica (ATG-ATD) e a Espectroscopia no Infravermelho (DRIFTS).

2
.

     Francisco Roberto Costa, concluiu o curso de Técnico em Química Industrial no Educandário Diocesano La Salle, em 1984.

     Em 1994 vinculou-se ao Laboratório de Catálise do Departamento de Engenharia Química  da Universidade Federal de São Carlos.
     Dedica-se a atividades de caracterização de catalisadores, tais como a Fisissorção de gases (BET, Distribuição de Poros), a Espectroscopia no Infravermelho (DRIFTS) e a Difração de Raios-X (DRX).

 

     Guilherme Martins Grosseli, concluiu o curso de Bacharelado em Química Tecnológica no Instituto de Química UNESP-Araraquara, em 2006.

     Em 2009 vinculou-se ao Laboratório de Catálise do Departamento de Engenharia Química  da Universidade Federal de São Carlos.
     Dedica-se a atividades de caracterização de catalisadores, tais como a Fisissorção de gases (BET, Distribuição de Poros), e a Difração de Raios-X (DRX).

LabCat
[Localização] [Histórico] [Professores] [Alunos] [Pesquisa] [Infraestrutura] [Atividades] [E-mail] [Cursos] [Mapa]